Artigos

Material de leitura complementar

Artigo da semana

Cada um aprende de um jeito

Francine

12/11/2021

Tempo de leitura: 2min

Image

     Certamente você já parou para perceber qual a melhor forma que você aprende algum conteúdo ou a maneira com que prefere consumir alguma informação.

     Quando somos crianças nós iniciamos nossa trajetória escolar, onde normalmente os conteúdos são disponibilizados partindo do ponto de vista de como a professora regente aprendeu e de como ela julga, devido a sua própria experiência como aprendiz, que será mais fácil. Isso não é ruim, é apenas o olhar de uma professora oferecendo as ferramentas que ela conhece e sabe que são efetivas.

     Ainda nos primeiros anos é dificil se perceber e compreender que a sua forma de se apropriar e produzir conhecimentos é uma e não a outra. Conforme as oportunidades vão surgindo e se vai conseguindo ter um controle maior de si é que vamos avaliando que de alguma forma está mais difícil de compreender do que de outra.

     Existem três estilos principais de aprendizagem: O visual, o auditivo e o cinestésico. Saber qual a melhor estilo se adapta a você ou ao seu aluno, proporciona que frustrações sejam evitadas e possibilidades de retenção de saberes sejam mais assertivas.

     Auditivo: Escutando e falando. Gosta de podcasts, consegue lembrar falas de professores mesmo depois de algumas semanas, aprende ouvindo histórias e músicas, repete em voz alta para si mesmo o que acabou de ler e aprecia debates.

     Visual: Olhando e observando. Aprende melhor lendo textos, analisando fotos, diagramas, cartazes, gráficos, filmes, se organiza através de cores, presta mais atenção nos slides ou no quadro e faz anotações durante as aulas.

     Cinestésico: Experiência física. Se conecta melhor tocando, experimentando, criando, estando em movimento, prefere abordagens mais práticas de aprendizagem.

     E por que o tema do artigo é esse? Para reforçar a importância de o docente apresentar os conteúdos por meio de formas diversificadas, onde todos tenham acesso aos conhecimentos e possam juntos continuar construindo novos saberes.

     

Francine Pinheiro

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Participei de Programas de extensão em Educação Matemática: Clube de Matemática e “Operações aritméticas: Organização do ensino nos anos inciais”.

Artigos recentes

minuatura
Materiais concretos na aprendizagem
Francine 05/11/2021 1min
minuatura
Dificuldades de Aprendizagem
Francine 29/10/2021 2min

Créditos e referências

Ensino Lúdico

Pensar o lúdico na educação é proporcionar situações que possibilitem ao aluno criar, confirmar ou reelaborar hipóteses acerca dos conhecimentos a serem construídos. Lúdico em um sentido mais amplo: propostas divertidas, motivadoras, desafiadoras, prazerosas e devidamente mediadas pela professora oportunizando avanços na aprendizagem.

Contato

Telefone e WhatsApp

(51) 9 8653-0872

© ensinoludico.com.br. Todos os direitos reservados 2021.